Make your own free website on Tripod.com

 

 

 

  O Senhor dos Anéis - A Irmandade do Anel

Bem-vindos à terra da fantasia...

 

 

 

Quem disse que já não existem contos de fadas? Que já não existe luta entre o bem e o mal? Sim, afinal os Elfos, os Anões, os Gnomos, os Orcs, os Druidas, os Feiticeiros, os Cavaleiros Negros, os Senhores das Trevas, os Heróis... todos estes personagens que habitavam o nosso imaginário, quando crianças, não morreram. Continuam vivos, no cinema, vivos na nossa memória. E como é bom voltar à Terra da Fantasia, um mundo que parecia perdido nos confins do nosso imaginário...

 

 

O filme dura 3 horas! Mas nem dei pelo tempo passar, será possível que tenha estado tanto tempo a sonhar na sala de cinema? Sim. porque mais parece um sonho de criança do que um filme exibido neste segundo milénio depois de Cristo. Agora que parece já não ser permitido pensar, sonhar, fantasiar... Tudo é tão imediato, rápido, de fácil acesso, sem perdas de tempo, tudo já, imediatamente, muitas vezes sem se saber porquê. Eu quero isto, eu tenho isto, será disto que eu preciso para saciar a minha sede? A sede interna, o desejo de fantasia. Tanto se perdeu com o avançar frenético, descontrolado, da nossa sociedade de consumo. Muito se ganhou, também, é claro. Mas quem ganhou? Nós adultos que tivemos oportunidade de já ter criado um mundo interno repleto de monstros, príncipes e princesas encantados. Teremos nós direito, a retirar esses sonhos, essas fantasias, às crianças que nos nossos dias simplesmente pensam que o leite vem do pacote comprado  no supermercado. É claro, que muitas sabem que existem monstros, infelizmente, habituam-se desde pequenas a reconhecê-los quando passam por eles na rua. Mas esses são demasiado reais, são pessoas de carne e osso que não lhes servem de modelo. As crianças precisam de monstros internos, monstros que sejam partes delas mesmas, que elas possam projectar para as reconhecer e aprender com elas. Precisam de heróis dentro delas que as ajudem a lidar com os medos, com os pesadelos por vezes demasiado reais!

 

O Senhor dos Anéis - A Irmandade do Anel é o primeiro filme desta trilogia realizada por Peter Jackson. Depois deste primeiro que teve a sua estreia em Dezembro de 2001, os outros 2 serão exibidos pela mesma altura em 2002 e 2003. Baseado na obra de Tolkien, o filme relata as aventuras de Frodo, um pequeno Hobbit, e dos seus companheiros da Irmandade do Anel que fazem uma longa viagem enfrentando as forças do mal. Uma excelente aventura épica onde é transportado para o ecrã o mundo de Middle-Earth descrito por Tolkien, nos seus escritos. Os efeitos especiais são fabulosos tal como a caracterização. Muito haveria para dizer sobre A Irmandade do Anel, mas por mais palavras que se possam utilizar, ficariam muito longe de descrever a grandiosidade deste épico. Por isso fica o conselho, se não tiveram oportunidade de ver o filme no grande ecrã, não percam tempo e aluguem para vê-lo em casa. Quem já o viu só terá que esperar mais uns meses para ver a continuação e desvendar mais um pouco da aventura do Senhor dos Anéis, que só terminará em 2003.

 

Leonel Silva

 

VOLTAR

 

 

MÚSICA

rozz williams

kraftwerk

einsturzende neubauten

 

CINEMA / televisão

o senhor dos anéis

The picture of dorian gray

a última tentação de cristo

traffic

o exorcista

twilight zone

 

BD

 charles burns

 

TEATRO / DANÇA / ARTES PERFORMATIVAS

 idade interdita